Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Queridos, vou mudar de escritório #9

Ba 27.04.17

O The Woffice está pronto e podemos, finalmente, mostrar o resultado final. Sim, é verdade que já lá estamos há algum tempo, mas agendas são um pouco complicadas de conciliar e só agora tivemos a possibilidade de vos abrir as portas.

 

Para quem só chegou agora faço um breve resume do que é o The Woffice. É o espaço mais divertido para trabalhar no Chiado e arredores. Estou a brincar! :) Ou então não. Foi a Ana Garcia Martins (vulgo, A Pipoca Mais Doce) que começou por desafiar as restantes meninas. O cenário parecia apelativo: juntarmo-nos num espaço para trabalhar. Cada uma poderia trabalhar nas suas empresas e atividades e, quem sabe, até fazer algo em conjunto (como já aconteceu). E foi assim, que me juntei eu, a Sónia Morais Santos (vulgo, CoCó na Fralda) e a Inês Correia Matos (Afterclick). Portanto, quatro mulheres - 3 bloggers e 1 fotógrafa - juntas num espaço. Claro que só podia acontecer magia. E acontece sempre que nos juntamos. O nosso primeiro projeto conjunto acabou por ser a remodelação do nosso escritório que, por sermos mulheres, apelidámos carinhosamente de The Woffice.

 

Desafiámos a designer de interiores, Ana Rita Soares, para nos ajudar a tornar o espaço mais acolhedor e, juntamente com vários parceiros, conseguimos fazer o The Woffice um espaço confortável e agradável para se trabalhar. Tudo foi pensado ao detalhe.

 

Se estiverem a pensar em fazer obras definitivamente recomendo a equipa liderada pelo Nuno e Adélia foi incrível. A 3 Ponto Engenharia foi incansável: cumpriu prazos, arranjou soluções, foi de um profissionalismo enorme. Para quem não encontre informação da empresa tenha calma. Agora há um novo nome. Se precisarem do Nuno para as obras podem encontrá-lo na Renew

 

Por fim, aproveito também para agradecer à Luneta Films & Co, que produziu todos os vídeos que vos mostrámos com as várias fases da evolução do escritório. Se precisarem de vídeos institucionais também podem recorrer à Luneta. E agora deixo-vos o último vídeo. Sejam bem-vindos ao The Woffice:

Há uma nova loja online de material escolar e de escritório

Ba 26.04.17

Screen Shot 2017-04-21 at 15.16.23.png

Desde criança que o regresso às aulas é um momento que me fascina. Adoro entrar no supermercado, nas livrarias, papelarias e ver todo aquele material escolar e de escritório. As canetas, os lápis, as mochilas, os cadernos, os afias...tudo. Agora tenho dois filhos para me "perder", mas confesso que eu continuo adorar canetas de cores, blocos pequenos e grandes, envelopes, tudo. Por mim, tinha uma divisão só com material de escritório. Lá em casa somos todos fãs. Gosto eu, os miúdos e o marido. Mesmo para o escitório tenho sempre as canetas bonitas ao lado, os cadernos de vários tamanhos e cores...estão a perceber, certo?

 

No outro dia cheguei ao escritório e uma das encomendas que me tinha chegado era do Officelink. Quando abri lá estavam lindas canetas, lapiseiras, marcadores, lápis de cor...tudo lindo, e útil. Quem adorou também foram os miúdos. Todo um mundo de desenhos com as canetas que brilham.

 

Para quem não sabe, o Officelink é uma nova loja online que pretende revolucionar a forma como os consumidores compram material escolar e de escritório, oferecendo um processo de compra “simples e rápido”.

 

Cont com uma oferta de cerca de 3500 referências, “a preços competitivos”, para diversos segmentos: escritório, escolar, informática, artigos para ofertas a adultos e crianças, desenho e manualidades. Além disso, apostam em produtos que já não são tão fáceis de encontrar e que permitem aos consumidores “relembrar a infância”.

 

Vale a pena fazer uma visita. Fica a dica!

Podem ganhar....Brinquedos que educam!

Ba 24.04.17

science4you.jpg

Carros e mais carros. Essa é uma realidade de quem tem dois rapazes. Ou pelo menos é a minha. Mas a pequenada também adora construir, pintar, experimentar, jogar. É por isso que gosto sempre de oferecer brinquedos didáticos, ou como eu costumo dizer, brinquedos que educam. Os brinquedos da Science4you são isso mesmo.

 

Para quem não sabe a Science4You é uma empresa 100% portuguesa que se dedica à produção e comercialização de brinquedos educativos e científicos. São super divertidos e há para todas as idades e gostos. O meu pequeno recebeu uns kits agora no aniversário dele e foi ver a alegria dele e do irmão (vá, eu confesso, eu também gosto).

 

E porque o blog As Dicas da Bá está sempre a pensar nos queridos leitores e seus pequenos, em parceria com a Science4You, vamos sortear três brinquedos super divertivos e didáticos. Não tenho dúvidas que os cientistas aí de casa vão adorar a experiência.

 

O primeiro a ser sorteado será o kit "A Ciência Viscosa". Com esta experiência podem descobrir como fazer minhocas coloridas e viscosas, produzir uma divertida massa maluca, plasticina caseira ou fantásticos monstros viscosos.

 

O segundo brinquedo a ser sorteado será "A Ciência dos Sabonetes". Esta experiência permite descobrir como fazer sabonetes em forma de estrela e de rosa, como misturar os corantes do kit para obter sabonetes super coloridos ou  como podes sabonetes com fragrâncias.

 

Por fim, o terceiro brinquedo  é um "Mini-kit Cozinha com Ciência". Com este kit podem aprender a fazer fantásticas pizzas e deliciosos queijos frescos.

a-ciencia-viscosa.jpg

a-ciencia-dos-sabonetes.jpg

mini-kit-cozinha-com-ciencia.jpg

 

Como participar no passatempo?

É muito simples. Para concorrer basta participar no passatempo até às 23h59 de segunda-feira, dia 1 de Maio, e cumprir os seguintes 4 passos:

 

1) Gostar da página do Facebook do Blog As Dicas da Bá

2) Gostar da página do Facebook da Science4You

3) Partilhar este passatempo no Facebook (em modo público)

4) Preencher o formulário em baixo 

 

O vencedor será escolhido aleatoriamente através do Random.org pela seguinte ordem de prémios: 1º A Ciência Viscosa; 2º A Ciência dos Sabonetes; 3º Mini-kit Cozinha com Ciência. Válida uma participação por pessoa. Boa Sorte!

Duas camas ou beliche?

Ba 18.04.17

Os meus rapazes dormem os dois juntos no mesmo quarto porque as idades são próximas, são dois rapazes e porque eles também gostam. Atualmente cada uma tem a sua cama. Estão lado a lado separadas apenas por uma mesa de cabeceira. Em todo o caso há já algum tempo que tenho vindo a pensar em comprar um beliche. Até agora senti que o mais velho ainda não estava preparado para dormir no primeiro andar mas ele diz-me que quando fizer os 7 anos já pode ser e o aniversário começa a aproximar-se.

 

Eu sempre gostei da ideia do beliche. Ocupa menos espaço e é giro. Já que partilham o quarto se eu conseguir optimizar o espaço tanto melhor e se for prático e giro é a cereja no topo do bolo. Mas há um lado meu mais de mãe galinha que fica sempre com receio que o mais pequenino decida aventurar-se para o primeiro andar e me caia lá de cima. Sim, eu sei, os miúdos habituam-se a tudo e não são parvos, mas pronto, receios de mãe. Pelo que tenho andado a ver há beliches para todos os gostos e feitios. Há uns mais altos que outros, que ficam mesmo por cima ou que cada cama do beliche está em direções diferentes. E eu para já continuo na dúvida: passo já para beliche ou mantenho as duas camas?

 

Partilhem comigo a vossas experiências. Com que idades passaram para beliches. Desta vez peço-vos todas as dicas. Entretanto deixo-vos aqui alguns exemplos de camas e beliches. É que alguns estão com desconto e uma pessoa pode aproveitar. Qual gostam mais?

 

Podem clicar nas imagens para verem mais em detalhe e os preços.

 

Carreguem aqui nas bolinhas cinzenta e branca, no final das imagens, para verem mais camas e beliches.

Dicas 3# - Querido, vou continuar as decorações!

Ba 11.04.17

Sabem aquela vontade de mudar algumas coisas em casa? De dar um novo ar e energia a um espaço? Sim, estou nessa fase. Apetece-me mudar algumas coisas em casa e decorar outros espaços que acabaram por nunca ficar propriamente com o aspeto que eu queria. Ando a ver algumas coisas em sites e a aproveitar as promoções. Partilho convosco alguns exemplos de inspiração.

 

Cliquem nas imagens para verem mais em detalhe e quais estão com promoções..

 

Comprometida com um peso saudável #4

Ba 06.04.17

BB_Pronpkal_2meses_foto2.jpg

Como sabem no início deste ano tomei a decisão de investir em mim, na minha saúde e bem-estar. No início de fevereiro resolvi começar um tratamento médico da Pronokal, o qual vos tenho vindo a relatar. Entretanto passaram 2 meses.

 

Quem já teve oportunidade de me ver já notou as diferenças e os números não deixam margem para dúvidas. Em 2 meses perdi 11 quilos e tenho menos 9 centímetros de cintura. Conseguem imaginar a minha felicidade?! Sinto-me super bem, com imensa energia e todos os dias redescubro o meu guarda roupa.

BB_2Meses_Pronokal_foto3.jpg

As calças de ganga que vestia há um mês já me estão tão largas que caem. Estou a vestir calças, saias, camisolas, jumpsuits que já não estavam dentro das minhas opções há muito tempo. Claro que agora até pareço mais vaidosa. Mas não é de agora, eu sempre fui. A diferença é que agora tenho mais opções para vestir. E claro, com menos quilos e volume a verdade é que me sinto melhor.

 

Não é que a minha auto-estima estivesse em baixo, pelo contrário, mas a verdade é que começo a fazer as pazes com o meu corpo, com a minha imagem, no sentido de já não sentir que preciso de “esconder” as gorduras, disfarçar o excesso de peso.

 

Neste período também mudei para uma nova fase em que já me são permitidos novos alimentos. Todo um mundo de carne, peixe, marisco, ovos, etc, que posso agora conjugar nas refeições e que me ajudam na minha vida social. Posso mais facilmente ir a jantares e almoços com amigos e de trabalho sem ter de ir de marmita atrás.

 

Além da mudança na balança e no corpo, a principal mudança que tem acontecido tem sido na cabeça e a nível emocional. Atualmente sinto que tenho a compulsão pela comida – que me levava a atacar a despensa – controlada. A prova disso é que em 2 meses NUNCA fiz uma asneira. ZERO asneiras. E sou eu que cozinho em casa. Ainda tenho de passar pela provação de os ver a comer algumas coisas que gosto sem tocar. Confesso que cada vez me custa menos, parece que diminuiu a ansiedade pela comida. Para mim, essa é uma das vitórias mais relevantes.

 

Outra das mudanças tem sido no exercício, de ter voltado a introduzir passados tantos anos uma rotina. O PT Paulo tem sido incansável em ajustar o plano de exercícios, em puxar por mim. Hoje em dia quando não consigo treinar fico mesmo chateada. No outro dia falava com o Paulo e dizia-lhe: “estou há 2 dias sem fazer exercício e estou me a passar”. Ele sorriu e respondeu-me: “Já viste o que estás a dizer? Já viste a diferença do discurso face ao início?” E é bem verdade. Ali estou eu, antiga atleta de alta competição que se encostou a uma vida sedentária e que resultou num enorme aumento de peso, completamente furiosa pelo facto de haver dias em que não consigo treinar. Ficar 2 ou 3 dias seguidos sem exercício já me deixam chateada. Sim, esta é também outra das grandes vitórias. 

2 Meses Pronokal_antes_depois.jpg

O tratamento está a correr super bem, não tenho fome, sinto-me com energia e estou muito feliz e entusiasmada com os resultados que consegui, sobretudo em tão pouco tempo.

 

Aproveito para agradecer todas as mensagens de apoio e partilha dos leitores, amigos e família. Só quem passa por um processo destes sabe o quão importante é termos quem nos suporte e apoie. Muito obrigada!

 

Agora vamos lá continuar a levar este tratamento até ao fim. Estou completamente focada em conquistar mais uma vitória neste caminho de perda de peso. Podem ir acompanhando tudo pelo Instagram. Vamos a isso! 

Atenção ao IRS automático: podem perder dinheiro se não confirmarem!

Ba 05.04.17

IRS_1.jpg

Tal como já vos tinha falado aqui, o IRS automático é uma das grandes novidades deste ano. E o que quer isto dizer? Quer dizer que os pensionistas Categoria H) e trabalhadores por conta de outrem (Categoria A) com declarações simples, ou seja, apenas rendimento e despesas validadas no portal E-fatura e sem mais rendimentos vão ter o IRS pré-preenchido e que é submetido automáticamente.

 

Leia também: Guia IRS: Tudo o que precisa para entregar a declaração sem erros!

 

Basicamente podem aceder ao portal das Finanças colocar a sua senha e verificar a sugestão de entrega automática. Se concordarem com os valores carregam aceitar. Se não concordarem podem sempre corrigir os valores e entregar normalmente. Caso não aceitem, ou não façam nada, a declaração será entregue automaticamente como está no último dia do prazo.

 

Ora, é nesta altura que eu aproveito para vos deixar o alerta: VERIFIQUEM SEMPRE O IRS! (desculpem as maiúsculas mas é mesmo importante).

 

Vou relatar-vos um caso real de uma leitora reformada que se não tivesse "verificado" no portal das Finanças o seu IRS, a declaração ia ser submetida automaticamente e iria ter de pagar, injustamente, mais de 400 euros. E sabem porquê injustamente? Porque, na realidade, não tinha de pagar nem receber nada.

 

Vamos por partes. Para verificar se tem direito ao IRS automático tem de ir ao Portal das Finanças, colocar a senha e depois, do lado direito, aparece um campo que diz "IRS Automático" onde devem clicar (como se vê na imagem).

 

IRS_2.jpg

Depois de carregar esta senhora verificou que a sua declaração estava calculada com o IRS automático.

IRS_3.jpg

Além dos dados, aparecem então os rendimentos e as despesas que foram validadas no e-Fatura. Só que estranhamente não estavam a aparecer as rendas. É que esta senhora vive numa casa arrendada e até tem recebido todos os comprovativos do senhorio certos.

Screen Shot 2017-04-05 at 00.22.45.png

Mais abaixo vem então indicado o valor que teria a receber ou a pagr. e qual não é o espanto desta leitora quando percebe que teria de pagar 405,39 euros!!! O espanto é que tendo em conta os rendimentos que tem e as despesas esta leitora nunca pagou IRS, também nunca recebeu. Como se manteve tudo na mesma estranho. 

 

O que isto significa? Que "Não Aceitou" este IRS automático. Assim sendo, preencheu-o normalmente. Teve de adicionar o Anexo H (referente aos benefícios fiscais) onde introduziu os valores da renda em falta. Para as restantes despesas, uma vez que teve de colocar novamente a password, o sistema carrega as despesas.

Screen Shot 2017-04-05 at 00.23.50.png

E depois de fazer da maneira tradicional, qual foi o resultado? Podem ver na imagem abaixo. Como sempre, esta leitora não teve nem de pagar nem de receber o valor do IRS.

Screen Shot 2017-04-05 at 00.00.37.png

Este alerta é MUITO IMPORTANTE! Caso não tivesse entrado no portal das Finanças, e verificado o IRS, a declaração iria ser submetida no final do prazo como estava. Significa que passado uns dias esta leitora iria ser surpreendida com uma carta das Finanças para pagar, injustamente, mais de 400 euros.

 

Verifiquem sempre o vosso IRS! Quem tem pessoas mais velhas também na família alertem para esta situação. Peçam ajuda nos Espaços do Cidadão.

 

É muito importante divulgar esta informação para que não haja mais pessoas a ter de pagar, injustamente, IRS. Trata-se de um caso real.

 

Partilhem! 

 

Leia ainda: Guia IRS: Tudo o que precisa para entregar a declaração sem erros!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

 

 

Guia IRS: Tudo o que precisa para entregar a declaração sem erros

Ba 04.04.17

IRS.jpg

A entrega da declaração de IRS referente ao ano de 2016 já arrancou. Este ano há algumas alterações face aos anos anteriores. Veja tudo o que precisa saber para entregar o IRS sem erros:

 

1) Prazo único – Ao contrário dos anos anteriores em que havia diferentes prazos consoante o tipo de rendimento e também se a entrega era feita online ou em papel, este ano há apenas uma data. Todos os contribuintes têm de entregar a declaração referente ao ano de 2016 entre os dias 1 de Abril e 31 de Maio.

 

2) Declaração automática – Esta é uma das grandes novidades deste ano e que irá abranger sobretudo pensionistas (Categoria H) e trabalhadores por conta de outrem (Categoria A) com declarações simples, ou seja, apenas rendimento e despesas validadas no portal E-fatura e sem mais rendimentos. E como funciona? Os contribuintes que beneficiem da declaração automática podem aceder ao portal das Finanças colocar a sua senha e verificar a sugestão de entrega automática. Se concordarem com os valores carregam aceitar. Se não concordarem podem sempre corrigir os valores e entregar normalmente. Caso não aceitem, ou não façam nada, a declaração será entregue automaticamente como está no último dia do prazo.

 

Leia também "Atenção ao IRS automático: podem perder muito dinheiro se não confirmarem!"

 

3) Escalões Os escalões de IRS registaram alterações, embora se tenham mantido cinco. O primeiro escalão refere-se a rendimento anuais até 7.091 euros e tem uma taxa de 14,5%; o segundo escalão é dos 7.091 a 20.261 euros e tem uma taxa de 28,5%; o terceiro escalão abrange os rendimentos de 20.261 a 40.522 euros e tem uma taxa de 37%; o quarto escalão é de 40.522 a 80.640 euros e tem uma taxa de 45%; por fim, o quinto e último escalão referem-se ao contribuintes que recebem mais de 80.640 euros aos quais se aplica uma taxa de 48%.

 

4) Tributação conjunta ou separada – Tanto os casais em união de facto como os casados têm a possibilidade de entregar o IRS em conjunto ou separado. Ao contrário do ano passado, em que quem entregasse fora do prazo já não podia optar pela entrega conjunta (mesmo que fosse mais favorável), este ano podem optar, mesmo que entreguem depois da data-limite (claro que o ideal é fazerem-no dentro do prazo) podem escolher se preferem em conjunto ou separado. O ideal é simularem sempre as duas opções para ver qual é a mais vantajosa. As coimas para entregas fora do prazo até 30 dias são de 25 euros. Já se passar o mês de atraso o valor pode ir de 37,5 euros a 112,5 euros, dependendo se o Estado é lesado pelo atraso ou não. Em caso de omissões ou inexatidões, a multa vai dos 375 euros aos 22.500 euros.

 

5) Dedução fixa por filho – Em vez do quociente familiar, no IRS de 2016 cada filho passa a ter um valor fixo de dedução de 600 euros. No caso de dependentes com idade igual ou inferior a 3 anos acrescem 125 euros (725 euros no total). No caso dos ascendentes a cargo a dedução fixa é de 525 euros, desde que que viva na mesma habitação e não tenha rendimentos superiores à pensão mínima do regime geral (263 euros).

 

6) Refeições escolares – As despesas com as cantinas escolares passam a contar para a categoria de educação, independentemente de se tratarem de refeições num estabelecimento público ou privado, e independentemente do código de atividade económica (CAE) do prestador de serviços da cantina escolar. No ano passado, houve casos de cantinas cujo CAE não estava abrangido e, por essa razão, as despesas não entraram na categoria de educação.

 

7) Despesas com o veterinário – As despesas com o veterinário passam a ser consideradas para o IRS na categoria de dedução de IVA. Assim, naquela categoria onde já estavam inseridos os cabeleireiros, restaurantes, oficinas, passam também a contar 15% do valor do IVA das despesas com veterinário até ao limite de 250 euros.

 

8) Doação – Tem a possibilidade de consignar parte do IRS (0,5%) para uma instituição.  Esta decisão não tem custos para o contribuinte. No fundo, o que acontece é que uma parte do IRS em vez de ir parar aos cofres do Estado será canalizada para a instituição escolhida. Veja aqui a lista das instituições.

 

9) Despesas e-Fatura (Anexo H) – Todas as despesas que foram validadas no portal E-Fatura serão essas que irão ser utilizadas pelo Fisco para cálculo dos benefícios fiscais. Em todo o caso, deverá “puxar” o Anexo H e indicar se concorda com os valores. Caso concorde não precisa fazer nada. Caso não concorde e pretenda fazer alguma alteração aí terá de introduzir todos os benefícios fiscais manualmente.

 

10) Anexo SS - Os contribuintes com rendimentos de trabalho independente (categoria B) têm de submeter o Anexo SS. Também os trabalhadores que acumulam rendimentos de trabalho dependente com independente têm de preencher este anexo.

 

11) Reembolsos mais rápidos – O reembolso do IRS deverá ser feito até 31 de Julho. No entanto, quem entregar mais cedo irá ser reembolsado também de forma mais célere, face aos anos anteriores, quem o garante é o Fisco. Ainda assim, a Autoridade Tributária apenas se compromete com um prazo de reembolso de 15 a 20 dias para as declarações automáticas. No ano passado o reembolso demorou, em média, 36 dias.

 

12) Quem não tem internet – Para quem não tem acesso à internet e, por exemplo, não tenha possibilidade de verificar se no seu caso será aplicado, por exemplo, a entrega automática de IRS, pode recorrer aos Espaços do Cidadão. Segundo as Finanças, os contribuintes podem solicitar aqui os esclarecimentos e ajudas para preenchimento da declaração de IRS.

 

13) Senha de acesso ao portal das Finanças - Caso tenha perdido ou se tenha esquecido da senha de acesso ao portal das Finanças pode recuperá-la através do email ou de sms. O Fisco explica aqui como fazê-lo. Além disso, a palavra passe pode também ser entregue em cinco dias úteis no domicílio fiscal.

 

14) Dispensa de entrega de IRS – Todas as pessoas que tenham recebido até 8.500 euros em rendimentos de trabalho dependente (categoria A) ou pensões (categoria H), sem que tenha sido feita retenção na fonte, estão dispensadas de entregar a declaração de IRS de 2016.

 

Ficam as dicas! Partilhem!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

 

Dicas #2 - Querido, vou mudar o quarto dos miúdos!

Ba 31.03.17

Ando a pensar mudar o quarto dos miúdos há algum tempo. Além da disposição quero também dar uma nova vida, uma nova energia. Tenho visto várias peças super giras e o difícil é escolher. Deixo-vos aqui alguns elementos de inspiração de algumas das peças que mais gostei do que andei a ver. Muitas delas estão com descontos até 50%, ou seja, um óptimo incentivo para tratar agora da mudança.

 

Cliquem nas imagens para verem mais em detalhe e outras cores.