Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Queridos, chegou a altura de mudar!

Ba 08.08.17

IMG_1056.JPG

A vida é feita de ciclos e chegou o tempo de um novo. Estou de saída do universo SAPO. Queria aproveitar e deixar uma nota de agradecimento a toda a equipa que me acolheu desde o início. Primeiro à Isabel que me desafiou para fazer parte desta família, depois ao Pedro que me acompanhou desde o ínicio, com todas as mudanças, alterações de layouts e esclarecimentos de dúvidas. À Madalena por todo o apoio nas diversas áreas em que trabalhámos, à Joana pelas trocas de ideias e ajuda, à Rita por aceitar sempre as minhas sugestões, à Filipa por toda a receptividade e simpatia. No fundo, a toda a equipa SAPO (desculpem se me esqueci de alguém) que me acompanhou ao longo destes últimos anos o meu sincero agradecimento. Hoje se também posso dar o salto para crescer ainda mais deve-se a vocês.

 

Aos meus queridos leitores - e porque sem vocês este blog não existia - apenas dizer que a morada à qual se devem agora dirigir, colocar nos favoritos, partilhar, etc é: www.asdicasdaba.pt. Não tem nada que enganar.

 

Nas redes sociais continua tudo igual: Facebook, Instagram e Canal de Youtube (aqui haverá novidades, por isso, passem por lá subscrevam e ativem as notificações).

 

Encontram-nos na nova casa. Até já!

Como vai o Desafio das 52 Semanas?

Ba 02.08.17

 

FullSizeRender 44.jpg

Pensavam que me tinha esquecido? Nada disso. Então vamos lá a saber: quem é que ainda está a fazer o Desafio das 52 Semanas? Como está a correr? Que modelo optaram (crescente? decrescente? bingo? outro?)? 

 

Para quem não sabe, no início do ano passado (2016) escrevi aqui no blog sobre uma forma de poupar mais de 1300 euros num ano. Apresentei-vos o Desafio das 52 Semanas. Foi um post completamente viral falado nas televisões, rádios, imprensa, etc.

 

Como funciona o Desafio das 52 Semanas?

Há 52 semanas num ano e por cada semana poupamos o correspondente a essa semana em euros. Assim sendo, na 1ª semana poupamos 1 euro, na 2ª semana poupamos 2 euros, e assim consecutivamente até à 52ª semana em que, nessa semana, poupamos 52 euros. Tudo somado e, no final do ano, terão colocado de lado 1.378 euros.

 

Desde então expliquei também que há outros métodos e que cada pessoa, que queira fazer, pode optar por valores que de ajustem ao orçamento (por exemplo, optar pelo método dos 0,50 euros) e adaptem a metodologia. O importante aqui é o ato de poupar em si, independentemente do valor.

 

Pois bem, quem me acompanha sabe que eu gosto de optar pela modalidade inversa. Ou seja, começo com a poupança maior e o valor vai diminuindo ao longo do tempo. Na primeira semana começo a poupar 52 euros, na segunda poupo 51 euros e assim consecutivamente. Na última semana (a 52ª) apenas tenho de colocar de parte 1 euro. Faço assim porque no início do ano estou mais motivada e aproveito o dinheiro extra do subsídio de Natal.

 

Quem começou pela modalidade inversa, por esta altura, deverá ter mais de 1.100 euros de lado. Quem começou pela crescente tem quase 250 euros de parte. Se ainda não fez mais gostava de fazer apenas tem de ir aqui e fazer o download do calendário. Arranjar um recipiente para colocar o dinheiro (eu prefiro um frasco/pote transparente), colocar o calendário e começar a poupar, assinalando quanto já colocou no mealheiro.

 

Eu sei que estamos em Agosto, mas nunca é tarde para começar. E no final do ano sabe sempre bem ter aquele montante de lado que depois podem destinar para os vossos sonhos e objetivos.

 

Fica a dica!

Partilhem!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

O que fazer com o subsídio?

Ba 01.08.17

bank-note-209104_1920.jpg

Muitos portugueses aproveitam o dinheiro dos subsídios para umas merecidas férias, para pagar algumas despesas extras ou mesmo poupar. Além de gastar, existem três destinos que poderá dar a esse rendimento extra:

 

Poupar

Aproveitar o subsídio para poupar tem sido uma opção a que muitas famílias têm recorrido nos últimos tempos, de forma a prevenir algumas situações imprevistas que possam vir a acontecer. Para quem não tem qualquer tipo de poupança, aproveitar os subsídios para colocar algum dinheiro de parte pode ser uma boa opção, seja o objetivo constituir um fundo de emergência, poupar com uma finalidade específica como ir férias, mudar os móveis da casa, para uma conta dos filhos ou outra meta qualquer. Já para quem tem algum dinheiro de parte pode ser uma oportunidade de reforçar a poupança. O ideal é que tenha uma poupança de emergência para alguma eventualidade e depois outras cestas de poupança, como por exemplo para a reforma.

 

Amortizar dívida

Reduzir dívida. Este é outro dos destinos que poderá dar ao subsídio. Assim, pode aproveitar o rendimento extra para amortizar parcial, ou totalmente, uma dívida. Caso consiga eliminar, por exemplo, o pagamento de um cartão de crédito será uma boa forma de ganhar folga no seu orçamento. Além de contribuir para o seu desendividamento está também a conseguir ganhar margem para, com esse dinheiro, definir novos objetivos. Deve ter atenção que, caso tenha mais do que um empréstimo e tem dúvidas sobre qual abater, deve começar por aqueles que apresentam taxas de juro mais elevadas. 

 

Investir

Para quem prefere optar por uma poupança mais de médio e longo prazo, como para a compra de casa, universidade dos filhos ou mesmo para a reforma, investir o subsídio é uma opção a ter em conta. Aplicação de dinheiro em produtos de investimento deve obedecer sobretudo ao seu perfil de risco: conservador, moderado, arriscado. Os depósitos ou Planos Poupança Reforma sob a forma de seguros tendem a apresentar rendibilidades mais baixas mas garantem o capital aplicado. Caso opte por investir, por exemplo, em ações ou fundos apesar de haver a possibilidade de obter um maior retorno, o risco também é maior. O importante é informar-se sobre os vários produtos e opções de investimento. O ideal será conseguir um rendimento, pelo menos, acima do valor da inflação, caso contrário não estará a rentabilizar verdadeiramente o seu dinheiro, uma vez que o efeito da inflação (subida generalizada) acaba por poder anular o retorno. 

 

Faça as contas e veja qual o melhor caminho a dar ao seu subsídio. Poderá também optar por um combinação das três opções. O importante é que tome a melhor decisão para a sua estabilidade financeira.

 

Fica a dica!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

 

Há um novo italiano em Lisboa

Ba 28.07.17

0064 VONGOLE VERACI 0064.jpg

Há um novo restaurante na cidade de Lisboa. O La Tagliatella abriu o seu primeiro espaço no Parque das Nações, e promete fazer as delícias de todos os amantes de comida italiana: com o queijo Parmigiano Reggiano DOP, com uma cura de 24 meses, a massa de pizza, elaborada com dois tipos de farinha; o famoso presunto de Parma; o queijo Gorgonzola DOP de Piemonte e Lombardia, o salame da Calábria, entre outros.

0347 PIZZA BORGO ROMANO.jpg

As pizzas são confecionadas à vista do cliente nos tradicionais fornos italianos. Na carta vai encontrar carpaccio napoletano acompanhado pela genuína Mozzarela di Buffala Campana DOP, risotto com magret de pato e trufas, saladas ricas em produtos frescos, várias combinações de massas e molhos, as famosas sobremesas italianas, como o bocconcino, a brioscia siciliana ou o tiramisu.

 

O espaço, localizado em frente à zona cultural do Parque das Nações, tem capacidade para 164 pessoas no interior e uma ampla e simpática esplanada com 68 lugares.

 

Morada: Alameda dos Oceanos 57 A, Parque das Nações, Lisboa

Horário: das 12h às 16h; das 20h às 0h

Contacto para reservas: 218 952 018 | www.latagliatella.pt

 

Fica a dica para o próximo almoço ou jantar fora.

 

 

Procura-se redator/formador

Ba 25.07.17

apple-desk-laptop-working.jpg

Procura-se redator/formador para a área de finanças pessoais. Formado em comunicação, educação ou outra área relevante, que escreva bem e tenha à vontade para falar em público, nomeadamente para uma audiência mais jovem. Valoriza-se quem tenha o CCP (ex-CAP) e conhecimentos de SEO, mas não é fator eliminatório. A pessoa deve ser dinâmica, estar disponível para aprender e morar na Grande Lisboa. Dá-se formação sobre a área. Trabalho em regime de freelancer com perspetivas de full-time. Os interessados devem enviar o CV para info@moneylab.pt

Partilhem, sff!

Sugestões de férias a 2...

Ba 20.07.17

vacations.jpeg

Já vos tinha falado aqui do hábito que temos de fazer férias apenas só os 2 depois das férias, em família, a 4. Tentamos sempre fazê-lo todos os anos, sejam muitos ou poucos dias. Aproveitamos para namorar, ler, descansar, passear e fazer tudo aquilo que gostamos enquanto casal. 

 

Lembro-me da minha querida avó dizer-me que, com o passar do tempo, os elementos dos casal vão ficando mais parecidos. Eu achava isso um disparate mas a verdade é que, com o passar dos anos, começo a dar razão à minha avó. Eu e o meu Pedro já há muito tempo que falamos nos silêncios, nos olhares, parece que alinhamos cada vez mais gostos, adotamos expressões e manias um do outro - claro que há algumas manias muito próprias e que teimam em não passar (Alerta meias no chão!!!!!!) - e também nos esquecimentos estamos quase iguais. E do que nos esquecemos este ano? Bem, não foi bem esquecer, foi mais deixar andar... das férias! Não marcámos as nossas férias a dois.

 

Há uns tempos eu falei-lhe que gostava de ir a Itália ou à Grécia, e até vi umas coisas mas os preços eram altos e noutros casos já não havia disponibilidade. Pois bem, está quase aí Agosto à porta e aqui o casal maravilha nada de férias. Quer dizer, uma pessoa faz 10 anos de casada em Setembro (15 que estamos juntos) e ainda não temos nada marcado? Acho muito mal (tenho sempre esperança que ele depois de ler esta "dica" se mexa a marcar qualquer coisa... nem que seja ali em Sintra).

 

E o que é que eu gostava? Pois bem, é aqui que eu vos vou pedir dicas ou sugestões. Pode ser cá dentro ou fora de Portugal e, de preferência, com uns preços simpáticos. Partilhem comigo onde já foram, onde vão. Deixem as vossas sugestões e dicas que eu - e outros como nós - agradecemos! :)

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

 

Será que o Faísca McQueen vai vencer esta corrida?

Ba 17.07.17

cars3_faceoff_stadium_1024x768.jpg

O piloto fanfarrão que aprendeu que a humildade é uma característica dos grandes vencedores e que mais vale estarmos rodeados de quem amamos, e de quem gosta de nós, do que de prémios e coisas materiais. Esta poderia ser uma história inspiradora de um filme galardoado de Hollywood. E realmente é, mas apenas com um detalhe a destacar: trata-se de um filme de animação cuja sequela já se tornou a preferida da pequenada por todo o mundo (vá, e dos pais também). Falo-vos do filme Carros. E quem acompanha as aventuras do Faísca McQueen percebe bem porque já estamos em pulgas para ir ver o Carros 3.

 

É um dos filmes preferidos cá de casa. Temos o DVD do “Carros” e “Carros 2” e sim, eu confesso, até sei as falas de cor tantas foram as vezes que vi. Aliás, houve vezes em que os miúdos puseram o filme e depois até sou eu e o marido que ficamos a ver. A história está bem construída, os cenários, gráficos e cores são espetaculares e parecem super reais, a banda sonora é maravilhosa e os bonecos têm mesmo graça. O Mate é o nosso preferido (aquela cena dele a buzinar para acordar os tratores arranca-me sempre uma gargalhada por mais vezes que veja).

 

Pois bem, o lendário Faísca McQueen tem agora mais um desafio pela frente. Surpreendido por uma nova geração de pilotos extremamente rápidos, McQueen é afastado do desporto que ama. Mas há oportunidade de voltar e, para isso, vai contar com uma jovem treinadora de corridas, Cruz Ramirez (porque é que já me soa a enredo romântico?), que tem o seu próprio plano para vencer. Um plano que é inspirado no fabuloso Hudson Hornet, com algumas voltas inesperadas. McQueen vai voltar à Taça Pistão para testar o coração de campeão (até rima e tudo). Mas será que vence? Os miúdos estão a apostar as fichas todos no famoso 95. Eu prefiro ser mais cautelosa porque acho que vai sair daqui uma lição. 

 

A estreia do Carros 3 está marcada para dia 20 de Julho e nós já temos lugares marcados. Não podemos perder mais este capítulo do Faísca McQueen. Quem se junta a nós?

 

Entretanto fiquem com o trailer que é emocionante:

Um cartão que funciona como um seguro de saúde em viagem...gratuito!

Ba 17.07.17

seguro saude.jpg

Sabia que há um seguro de saúde em viagem que pode permitir-lhe poupar dinheiro em muitas despesas (que esperemos que obviamente não seja necessário)? Falo-vos do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD).

 

Se vai viajar para algum dos 28 países da União Europeia, e ainda Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça,este cartão permite o acesso aos cuidados de saúde no país onde está a passar férias, ou está deslocado temporariamente.


Este é um cartão de modelo único, comum a todos oa países referidos, gratuito e concebido para simplificar a identificação do seu titular e da instituição que financeiramente é responsável pelos custos dos cuidados de saúde de que este possa vir a necessitar.

 

É preciso pagar para ter o cartão?

Não. Este cartão é totalmente gratuito e tem validade de três anos. 

 

Pode ser uma alternativa ao seguro de viagem?

Segundo a Segurança Social, este cartão não é uma alternativa ao seguro de viagem, nem abrange as situações em que a pessoa se desloca a outro Estado com o objectivo de receber tratamento médico. Não cobre também cuidados de saúde prestados no sistema de saúde privado nem outras despesas, como o custo do repatriamento ou indemnizações por bens perdidos ou roubados.

 

E se uma pessoa se esquecer do cartão ou não tiver mesmo o cartão?

Numa situação dessas, o tratamento não pode ser recursado. O que pode acontecer é o doente ter de pagar os cuidados de saúde direatmente ao prestador e depois, quando regressar a Portugal, pedir o reembolso das despesas.

 

Onde se pode pedir o cartão?

Pode pedir pela internet, através da Segurança Social Dirteta, ou presencialmente, conforme o subsistema de saúde, nos locais indicados aqui no site.

 

Podem consultar todas as informações aqui.

 

E porque na saúde mais vale prevenir do que remediar, partilhem a informação com que for viajar. Fica a dica!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

Crossfit: Todo um novo mundo...

Ba 11.07.17

FullSizeRender-6.jpg

Hoje comecei o meu dia aqui: Crossfit Black Edition. Nunca tinha experimentado crossfit até hoje. Parece que não é nada de especial mas digo-vos que mexi alguns musculos que já nem me lembrava que tinha. No caminho para casa, mal saí do treino, já me doiam as pernas (depois logo vos digo se amanhã me consigo mexer), e tenho calos nas mãos. E sabem que mais? Foi espetacular! Consegui fazer mais do que estava à espera e o companheirismo dos colegas que não conhecia foi excelente. Se me conseguir mexer amanhã vou outra vez. E levo o marido que também está a precisar de mexer. Não basta ver da bancada! Alguém daí já conhecia ou experimentou crossfit? Digam de vossa justiça para saber no que me estou a meter! :)