Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Saiba como fazer um 'check up' às suas finanças em 5 passos

Ba 27.05.13
Qual o peso dos créditos no seu orçamento? Qual o seu nível de liquidez, actualmente? Quais as despesas que consomem mais do seu orçamentos? Estas são apenas algumas das questões que deve fazer para saber identificar o estado actual das suas finanças. Em cinco passos rápidos é possível fazer um check up financeiro. 

1 - Elabore um mapa de cash flow mensal
Anote diariamente as suas despesas no mapa de cash flow e verifique quanto é que cada despesa pesa no seu orçamento. Só fazendo uma descrição detalhada de tudo o que gasta (desde o café à prestação da casa) irá ser possível identificar para onde está a ir o seu dinheiro e quais as categorias que consomem mais no seu orçamento. Tal como foi explicado no capítulo anterior, não existe um orçamento ideal, cada família deve distribuir as despesas pelas categorias que fazem sentido no seu agregado familiar. No entanto, existem apenas algumas regras que deve ter em mente, nomeadamente que as despesas com a casa não pesem mais do que 35% do seu orçamento. E nas despesas com a casa incluem-se: o empréstimo, juros e seguro, despesas como água, luz, gás, telefone internet, etc. 

2 - Avalie a sua situação líquida
Este indicador vai ajudá-lo a compreender como ficaria a sua situação se utilizasse todos os activos para eliminar os passivos. Por essa razão, deverá aplicar a fórmula: activos - passivos = saldo líquido. Se o resultado for positivo, está no bom caminho. Significa que se vendesse tudo hoje teria dinheiro suficiente para pagar as despesas e ainda sobrava capital. Se for negativo talvez esteja na altura de reavaliar o seu orçamento. 

3 - Avalie a sua liquidez
Ao analisar as suas finanças é importante também avaliar a liquidez. Para isso poderá utilizar a seguinte equação: activos líquidos – passivos líquidos = liquidez. São considerados activos líquidos, todos os activos convertíveis em dinheiro em menos de um ano, enquanto o passivo circulante são as dívidas que podem ser pagas até um ano. O resultado indica o seu estado de liquidez e deve ser maior do que um, porque esse é o ponto em que ambos os factores são iguais. O ideal é que o resultado seja maior que dois. Significa que os seus activos líquidos são o dobro das dívidas de curto prazo. Por exemplo se tem 1000 euros em depósitos e tem 500 euros no cartão de crédito, o resultado é 1000/500= dois. 

4 - Contabilize o peso das dívidas
Avalie quanto é que os créditos pesam no seu orçamento. Se ultrapassam os 40% e prevê que esse valor aumente, tenha atenção, porque está na zona vermelha. Inicie uma dieta de dívidas e comece por eliminar as dívidas com as taxas de juro mais elevadas. 

5- Avalie o nível de poupança
Avalie a sua saúde financeira em função do montante mensal que poupa. Quanto é que poupa actualmente? Se ainda não poupa comece a fazê-lo, por muito pouco que possa parecer. Estabeleça um valor, por exemplo, 10% de poupança que deve ser feita assim que receba. Nunca deixe para o final do mês para ver se sobra, normalmente nunca sobra. Retire esse dinheiro logo no inicio e viva com o restante. 

Depois de fazer este check up às suas finanças deve analisar cuidadosamente os resultados, juntamente com todo o agregado familiar, e traçar objectivos. Este é o inicio da transformação das suas finanças pessoais. 

Mais sobre o tema no livro "Tempos Complicados, Soluções Simples - Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro".

Fica a dica sobre como fazer uma avaliação da saúde das suas finanças em cinco passos.

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook. Clique aqui e faça 'like' da página.