Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Última oportunidade para investir em certificados de aforro acima de 3%

Ba 29.01.15

certificadoAforro.jpg

Esta é uma notícia importante para aquelas pessoas que estão sempre à procura das melhores taxas para investir as poupanças. O Estado vai alterar as taxas de juro dos certificados de aforro a partir de Fevereiro. Por isso, para quem queira aproveitar uma taxa superior a 3% esta semana é a última oportunidade que o tem para fazer.

 

Em janeiro, a taxa bruta para as novas subscrições do certificados da Série C - a única que pode ser atualmente subscrita - fixou-se em 3,069%. A partir de Fevereiro esta taxa vai descer bastante, pelo menos a avaliar pelas declarações da presidente do IGCP (instituto que gere a dívida pública portuguesa).

 

A nova taxa deverá aproximar-se das taxas médias praticadas nos depósitos a prazo. Ora bem, olhando para os dados do Banco de Portugal, que mostram que a taxa média dos depósitos até um ano se situava em 1,34%, dá para antecipar que o corte será considerável.

 

Por isso, para quem queira aproveitar o melhor mesmo é despachar-se.

 

Fica a dica

Workshop sobre Finanças Pessoais

Ba 28.01.15

BarbaraBarroso_Conferencia_Boonzi.jpg

 

Recentemente fui convidada a participar numa conferência, organizada pelo Boonzi, sobre "Preparar o Futuro Financeiro dos Portugueses". A minha apresentação foi sobre "Como Planear o Futuro Financeiro". Numa audiência com perto de 100 pessoas foi bom perceber que este é um tema que preocupa várias famílias, e que estas querem cada vez mais aprender a controlar o seu dinheiro, e não permitir que seja o dinheiro a controlá-las. No final tive um feedback muito positivo e várias pessoas perguntaram-me quando haveria mais workshops do género.

 

Também depois de ter escrito o meu texto na Maria Capaz - onde faço uma breve referência aos workshops que dou de finanças pessoais para mulheres - várias pessoas procuraram saber informações e quando ia organizar a próxima formação.

 

Pois bem, posso dizer-vos que estou a preparar, para breve, um workshop gratuito. Mas dado o interesse de temas ser tão diverso - e também porque aqui no blog já me perguntaram várias vezes informações - vou pedir-vos uma ajuda para definir qual será o tema do próximo workshop.

 

Assim sendo, pedia que preenchessem o formulário com as vossas sugestões (escolham até 3 temas). Partilhem também com amigos que acham que podem estar interessados. Anunciarei, em breve, qual (ou quais) os temas que reúnem maior interesse.

 

Todos queremos um bairro melhor!

Ba 27.01.15

Todos_Queremos_um bairro melhor.jpg

 

Atenção! Este post é para bairristas idiotas. Não, não é uma provocação. Pelo contrário. Deixem-me então reformular. Este post é para todas aquelas pessoas que têm boas ideias, querem ajudar o seu bairro e comunidade e ter ainda a possibilidade de ganhar um prémio. Está melhor assim?

 

"Basta uma boa ideia para dar uma nova energia ao seu bairro". Este é o mote proposto pela Visão e pela Comunidade EDP para todos aqueles que, individualmente ou em grupo, pretendem concretizar os seus projetos para dinamizar as comunidades locais e contruir um bairro melhor.

 

A ideia é concorrer com projetos para dinamizar as comunidades locais e construir melhores bairros. Porque no fundo, no fundo, para cada um de nós “não há melhor bairro do que o nosso” (não fosse ele nosso).

 

Por isso, para participar apenas têm de se inscrever no site Comunidade EDP. Podem ainda diariamente acompanhar casos de sucessos urbanísticos na página do Facebook e no site da Visão.

 

O projeto “Todos Queremos um Bairro Melhor” tem para distribuir um total de 35 mil euros em prémios às melhores ideias. São 5 prémios de 5000 euros e mais 5 prémios de 2500 euros. Por isso, venham daí essas boas ideias.

 

Fica a dica!

O meu primeiro texto para a Maria Capaz

Ba 26.01.15

barbarabarroso.jpg

Fui convidada para escrever na "Maria Capaz". Para quem não sabe o que se trata convido a visitarem o site porque vale mesmo a pena. Como não poderia deixar de ser convidaram-me para escrever sobre temas relacionados com economia, finanças e literacia financeira. O texto que escrevi foi menos económico do que estava a pensar inicialmente. Trata-se de uma história. Uma história de uma amiga próxima. Mas este é só um exemplo de uma mulher (sim, já conheci muitas mais em situações idênticas e até mais complicadas) que simplesmente achou que "não era capaz".

 

Podem ler a crónica aqui. "Euros: Mulheres ao Comando!". 

 

Eu costumo dizer que, aqui no blog, escrevo no meu alter ego "Bá". Mas quem quiser conhecer o meu lado "A", ou seja, o lado mais sério, a equipa da Maria Rapaz lá diz quem é a "outra Bá" (agora é aquela parte em que ficam a descobrir que joguei hóquei em patins. E esta hein? :) ).

 

A foto tem assim uns 7 ou 8 anos porque me pediram uma descontraída (sem ser institucional) e concluíu que, desde que fui mãe, não tenho praticamente fotos sozinha. E as que tenho ou estou com papa ou baba na camisola (mas xiiuuuuu, não digam a ninguém). 

Workshop gratuito sobre como planear o futuro financeiro

Ba 20.01.15

Boonzi_workshop.png

Já várias pessoas me tinham perguntado quando iria dar alguns workshops sobre finanças pessoais onde fossem abordados temas de gestão de orçamento familiar, poupança e investimento. Posso dizer que estão a ser preparadas algumas novidades que, assim que possível, vos darei nota. Enquanto isso, têm a oportunidade de assistir a um evento onde será possível abordar várias vertentes de finanças pessoais, com vários oradores.

 

Eu fui convidada a falar sobre como planear o futuro financeiro e deixo-vos aqui a sinopse: "Se deixasse hoje de trabalhar, por algum motivo, quantos meses conseguiria sobreviver, mantendo o seu nível atual de despesas? Acha que vai conseguir manter o seu nível de vida na reforma mesmo com uma redução de 40% do rendimento? A resposta a estas questões está no planeamento financeiro. Controlando e definindo um plano para as suas finanças será possível pensar num futuro financeiramente mais tranquilo. O importante é começar a agir o mais cedo possível".

 

Além dos oradores, o evento contará com a presença dos comediantes António Raminhos, Pedro Fernandes e Luís Filipe Borges. 

 

O evento é gratuito e está aberto ao público geral. Serão ainda sorteadas 5 licenças do Boonzi para oferecer aos presentes.

 

Gostaríamos de contar com a sua presença e divulgação deste evento que terá lugar no dia 21 de Janeiro, às 16h no Fórum Tecnológico da Lispolis, em Telheiras.


Confirme, por favor, a sua presença até dia 20 de Janeiro em http://futuro-financeiro.eventbrite.pt

 

Fica a dica para os interessados.

Saiba como consultar a base de dados de contas bancárias

Ba 15.01.15

cartoes_conta.jpg

 

Lembra-se daquela conta que encerrou há dois anos no banco onde esteve durante vários anos? Pois bem, se calhar, na realidade, a conta não foi mesmo encerrada. Mas não se preocupe, agora já é possível saber quais as contas que tem abertas e encerradas, sem sair de casa.

 

Desde dia 12 de Janeiro de 2015, o Banco de Portugal passou a disponibilizar a consulta à Base de Dados de Contas, através da internet, no Portal do Cliente Bancário.

 

A Base de Dados de Contas contém informação sobre contas de depósito, de pagamentos, de crédito e de instrumentos financeiros e dos respetivos titulares e/ou pessoas autorizadas a movimentar essas contas (pessoas singulares ou coletivas).

 

A informação constante da Base de Dados de Contas é reportada pelas entidades participantes (instituições de crédito, sociedades financeiras ou instituições de pagamento), e é da sua exclusiva responsabilidade. Sempre que ocorram erros ou omissões, cabe a estas entidades a sua retificação, por sua iniciativa ou por solicitação dos titulares dos dados.

Os pedidos de consulta à Base de Dados de Contas podem também ser apresentados em qualquer posto de atendimento ao público do Banco de Portugal, pelo titular dos dados ou por quem tenha poderes para o representar, ou enviados por correio.

Além disso, os herdeiros podem consultar a informação sobre ativos financeiros de titulares falecidos mediante consulta à Base de Dados de Contas. Estes pedidos de consulta podem ser feitos presencialmente ou por correio.

 

Como aceder através da Internet?

 

- Para ter acesso ao seu mapa tem de ir ao site do Banco de Portugal (clicar aqui).

- Verifique se estabeleceu uma ligação segura (se o link começa por https://)

- Depois basta aceitar as condições de acesso por via electrónica através da seleção do visto na caixa que indica “Li e aceito as condições do acesso por via eletrónica à Base de Dados de Contas” e clicar obter mapa

- Depois ser-lhe-á pedido que faça a autenticação. Esta pode ser feita através do Cartão de Cidadão (no caso de pessoas singulares) ou dos códigos de acesso ao Portal das Finanças – número de contribuinte e password (é válido tanto para particulares como empresas). Não se esqueça de selecionar a caixa que diz “Autorizo que o meu Número de Contribuinte e Nome sejam fornecidos à entidade Banco de Portugal”. E clicar ok

- O seu mapa será gerado através de um documento de pdf. Nele irá encontrar a informação disponibilizada pelas instituições bancárias, como a sua morada, o número de contas, tipo de depósito, as datas de abertura e encerramento, bem como a indicação de outros titulares que possam movimentar as suas contas. 

 

O que vos posso dizer é que já consultei o meu mapa e descobri que há um banco, onde tive conta há uns anos, que ao contrário do que pensei não me encerrou as contas. E lembro-me de ter frisado isso, ou seja, que queria mesmo encerrar, não suspender nem por inativa (uma prática que alguns bancos faziam para dizerem que tinham um determinando número de clientes ou contas).

 

Agora vou ter de levar o meu mapa, descobrir o documento de assinei e reclamar no banco o encerramento da conta.

 

Verifiquem os vosso mapas.

 

Fica a dica

 

Tem carro anterior a 2000? Então não pode entrar em Lisboa

Ba 13.01.15

marques.jpg

 

A partir de 15 de janeiro, os automóveis com matrículas anteriores a 2000 e a 1996 passam a estar proibidos de circular, entre as 07h e as 21h dos dias úteis, no centro da cidade de Lisboa. 

 

As restrições de circulação para os carros com matrículas anteriores a 2000 referem-se à zona 1, que vai do eixo da Avenida da Liberdade à Baixa (limitada a norte pela Rua Alexandre Herculano, a sul pela Praça do Comércio e abrangendo a zona entre o Cais do Sodré e o Campo das Cebolas).

 

Os automóveis com matrículas anteriores a 1996 ficam impedidos de circular na zona 2 (definida pelos limites Avenida de Ceuta, Eixo Norte-Sul, Avenidas das Forças Armadas, dos Estados Unidos, Marechal António Spínola, do Santo Condestável e Infante D. Henrique).

 

As excepções são para: veículos de emergência, históricos, de residentes, de polícia, militares, de transporte de presos, blindados de transporte de valores, os carros a gás natural, GPL e os motociclos. Os táxis terão um período de excepção até 30 de junho.

 

Fica o aviso para os interessados.

TAP com 10% de desconto para todos os destinos

Ba 13.01.15

Screenshot 2015-01-13 16.07.45.png

A TAP lançou uma campanha de 10% de desconto em reservas a efetuar a 13 e 14 de Janeiro, aplicável a voos a partir de Portugal para toda a rede de destinos TAP.

 

Para ter acesso ao desconto deverão introduzir o código promocional PROMO15PT no site da TAP. O desconto aplica-se a todas as viagens a efetuar entre 15 de Janeiro e 31 de Maio de 2015, excluindo-se da campanha o seguintes períodos: 12 a 22 de Fevereiro de 2015 e 20 de Março a 6 de Abril de 2015.

 

A campanha é aplicável a voos TAP e Portugália, em todos os produtos: tap|discount, tap|basic, tap|classic, tap|plus e tap|executive.

 

A compra de viagens poderá ser realizada amanhã, terça feira dia 13, e na quarta, dia 14 de janeiro, no site da TAP www.flytap.com, bem como no Contact Centre (707 205 700) ou nas lojas TAP.

 

Fica a dica para interessados!

Ano novo, visual novo

Ba 05.01.15

Quem me conhece sabe que tenho pânico em pintar o cabelo. Vá, pânico mesmo não tenho porque se assim fosse não pintava. Talvez ainda sejam alguns traumas antigos de uma má experiência com 18 anos. Na altura cheguei ao cabeleireiro e disse: "Gostava de ter um louro assim mais claro". Resposta: "Sim, sim, fazemos uma madeixas assim e assado, e pomos não sei o quê..." Eu confiei. Não é a minha área e confio nos especialistas. Pois bem, escusado será dizer que quando olhei ao espelho o cabelo estava algures entre um laranja, vermelho e acobreado. Ou seja, tudo o que não pedi. Resultado? Quase uns 10 anos sem pintar o cabelo. Depois houve quem me conseguisse retirar os traumas e, volta e meia, muito volta e meia lá faço umas madeixas. O ano passado rendi-me a umas belíssimas californianas num evento da L'Oreal. Gostei mas agora queria mudar. Fui ao salão Unique e não podia ter ficado mais satisfeita. Confesso que ainda me estou a habituar e a cor ainda diz que é capaz de abrir mais. No regresso de férias também aos comentários na TV, acho que o resultado ficou bem. 

FullSizeRender (5).jpg

Pág. 1/2