Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Procura-se redator/formador

Ba 25.07.17

apple-desk-laptop-working.jpg

Procura-se redator/formador para a área de finanças pessoais. Formado em comunicação, educação ou outra área relevante, que escreva bem e tenha à vontade para falar em público, nomeadamente para uma audiência mais jovem. Valoriza-se quem tenha o CCP (ex-CAP) e conhecimentos de SEO, mas não é fator eliminatório. A pessoa deve ser dinâmica, estar disponível para aprender e morar na Grande Lisboa. Dá-se formação sobre a área. Trabalho em regime de freelancer com perspetivas de full-time. Os interessados devem enviar o CV para info@moneylab.pt

Partilhem, sff!

Sugestões de férias a 2...

Ba 20.07.17

vacations.jpeg

Já vos tinha falado aqui do hábito que temos de fazer férias apenas só os 2 depois das férias, em família, a 4. Tentamos sempre fazê-lo todos os anos, sejam muitos ou poucos dias. Aproveitamos para namorar, ler, descansar, passear e fazer tudo aquilo que gostamos enquanto casal. 

 

Lembro-me da minha querida avó dizer-me que, com o passar do tempo, os elementos dos casal vão ficando mais parecidos. Eu achava isso um disparate mas a verdade é que, com o passar dos anos, começo a dar razão à minha avó. Eu e o meu Pedro já há muito tempo que falamos nos silêncios, nos olhares, parece que alinhamos cada vez mais gostos, adotamos expressões e manias um do outro - claro que há algumas manias muito próprias e que teimam em não passar (Alerta meias no chão!!!!!!) - e também nos esquecimentos estamos quase iguais. E do que nos esquecemos este ano? Bem, não foi bem esquecer, foi mais deixar andar... das férias! Não marcámos as nossas férias a dois.

 

Há uns tempos eu falei-lhe que gostava de ir a Itália ou à Grécia, e até vi umas coisas mas os preços eram altos e noutros casos já não havia disponibilidade. Pois bem, está quase aí Agosto à porta e aqui o casal maravilha nada de férias. Quer dizer, uma pessoa faz 10 anos de casada em Setembro (15 que estamos juntos) e ainda não temos nada marcado? Acho muito mal (tenho sempre esperança que ele depois de ler esta "dica" se mexa a marcar qualquer coisa... nem que seja ali em Sintra).

 

E o que é que eu gostava? Pois bem, é aqui que eu vos vou pedir dicas ou sugestões. Pode ser cá dentro ou fora de Portugal e, de preferência, com uns preços simpáticos. Partilhem comigo onde já foram, onde vão. Deixem as vossas sugestões e dicas que eu - e outros como nós - agradecemos! :)

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

 

Será que o Faísca McQueen vai vencer esta corrida?

Ba 17.07.17

cars3_faceoff_stadium_1024x768.jpg

O piloto fanfarrão que aprendeu que a humildade é uma característica dos grandes vencedores e que mais vale estarmos rodeados de quem amamos, e de quem gosta de nós, do que de prémios e coisas materiais. Esta poderia ser uma história inspiradora de um filme galardoado de Hollywood. E realmente é, mas apenas com um detalhe a destacar: trata-se de um filme de animação cuja sequela já se tornou a preferida da pequenada por todo o mundo (vá, e dos pais também). Falo-vos do filme Carros. E quem acompanha as aventuras do Faísca McQueen percebe bem porque já estamos em pulgas para ir ver o Carros 3.

 

É um dos filmes preferidos cá de casa. Temos o DVD do “Carros” e “Carros 2” e sim, eu confesso, até sei as falas de cor tantas foram as vezes que vi. Aliás, houve vezes em que os miúdos puseram o filme e depois até sou eu e o marido que ficamos a ver. A história está bem construída, os cenários, gráficos e cores são espetaculares e parecem super reais, a banda sonora é maravilhosa e os bonecos têm mesmo graça. O Mate é o nosso preferido (aquela cena dele a buzinar para acordar os tratores arranca-me sempre uma gargalhada por mais vezes que veja).

 

Pois bem, o lendário Faísca McQueen tem agora mais um desafio pela frente. Surpreendido por uma nova geração de pilotos extremamente rápidos, McQueen é afastado do desporto que ama. Mas há oportunidade de voltar e, para isso, vai contar com uma jovem treinadora de corridas, Cruz Ramirez (porque é que já me soa a enredo romântico?), que tem o seu próprio plano para vencer. Um plano que é inspirado no fabuloso Hudson Hornet, com algumas voltas inesperadas. McQueen vai voltar à Taça Pistão para testar o coração de campeão (até rima e tudo). Mas será que vence? Os miúdos estão a apostar as fichas todos no famoso 95. Eu prefiro ser mais cautelosa porque acho que vai sair daqui uma lição. 

 

A estreia do Carros 3 está marcada para dia 20 de Julho e nós já temos lugares marcados. Não podemos perder mais este capítulo do Faísca McQueen. Quem se junta a nós?

 

Entretanto fiquem com o trailer que é emocionante:

Um cartão que funciona como um seguro de saúde em viagem...gratuito!

Ba 17.07.17

seguro saude.jpg

Sabia que há um seguro de saúde em viagem que pode permitir-lhe poupar dinheiro em muitas despesas (que esperemos que obviamente não seja necessário)? Falo-vos do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD).

 

Se vai viajar para algum dos 28 países da União Europeia, e ainda Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça,este cartão permite o acesso aos cuidados de saúde no país onde está a passar férias, ou está deslocado temporariamente.


Este é um cartão de modelo único, comum a todos oa países referidos, gratuito e concebido para simplificar a identificação do seu titular e da instituição que financeiramente é responsável pelos custos dos cuidados de saúde de que este possa vir a necessitar.

 

É preciso pagar para ter o cartão?

Não. Este cartão é totalmente gratuito e tem validade de três anos. 

 

Pode ser uma alternativa ao seguro de viagem?

Segundo a Segurança Social, este cartão não é uma alternativa ao seguro de viagem, nem abrange as situações em que a pessoa se desloca a outro Estado com o objectivo de receber tratamento médico. Não cobre também cuidados de saúde prestados no sistema de saúde privado nem outras despesas, como o custo do repatriamento ou indemnizações por bens perdidos ou roubados.

 

E se uma pessoa se esquecer do cartão ou não tiver mesmo o cartão?

Numa situação dessas, o tratamento não pode ser recursado. O que pode acontecer é o doente ter de pagar os cuidados de saúde direatmente ao prestador e depois, quando regressar a Portugal, pedir o reembolso das despesas.

 

Onde se pode pedir o cartão?

Pode pedir pela internet, através da Segurança Social Dirteta, ou presencialmente, conforme o subsistema de saúde, nos locais indicados aqui no site.

 

Podem consultar todas as informações aqui.

 

E porque na saúde mais vale prevenir do que remediar, partilhem a informação com que for viajar. Fica a dica!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

Crossfit: Todo um novo mundo...

Ba 11.07.17

FullSizeRender-6.jpg

Hoje comecei o meu dia aqui: Crossfit Black Edition. Nunca tinha experimentado crossfit até hoje. Parece que não é nada de especial mas digo-vos que mexi alguns musculos que já nem me lembrava que tinha. No caminho para casa, mal saí do treino, já me doiam as pernas (depois logo vos digo se amanhã me consigo mexer), e tenho calos nas mãos. E sabem que mais? Foi espetacular! Consegui fazer mais do que estava à espera e o companheirismo dos colegas que não conhecia foi excelente. Se me conseguir mexer amanhã vou outra vez. E levo o marido que também está a precisar de mexer. Não basta ver da bancada! Alguém daí já conhecia ou experimentou crossfit? Digam de vossa justiça para saber no que me estou a meter! :)

A dar cabo da gordura mais teimosa!

Ba 05.07.17

IMG_0629.JPG

Os últimos meses têm sido de uma grande transformação. Mais do que física tem sido uma transformação psicológica e emocional. Costumo dizer que estou num novo relacionamento com a comida e com o meu corpo. Aos poucos estou a reaprender a aceitar o meu novo corpo e a controlar a compulsação alimentar, a controlar o escape que a comida sempre representou para mim.

 

Neste caminho já perdi mais de 20 quilos. Embora quem me tenha acompanhado desde o início me diga que estou bem, e que não preciso de mais, a verdade é que ainda me faltam uns quilinhos. Só que estão teimosos. Estão mais difíceis. Acho que é aquela gordura amiga que já faz parte de mim, que já está confortavelmente alojada. Mas digamos que eu tomei a decisão de me querer separar desta gordura "amiga".

 

Há já muito tempo que andava a ponderar voltar a fazer Endermologia, ou LPG (como também é conhecido). Digo voltar porque a primeira vez que fiz LPG foi há precisamente 10 anos e os resultados foram excelentes (claro que aliados também a uma alimentação saudável e exercício regular).

 

Para quem não sabe o LPG é um o tratamento para a redução de volume em excesso proveniente de gordura localizada resistente à dieta e exercício físico, celulite e ainda retenção de líquidos. De forma simplista, acaba por ser um tratamento que promove o aumento do fluxo sanguíneo, a nutrição celular e desfaz os nódulos de gordura que dão origem à celulite. No fundo, tudo aquilo que eu estou a precisar num único tratamento. 

IMG_0635.JPG

Ultimamente com os vários projetos e novidades que estou a preparar, o tempo tem sido pouco e, por isso, fui adiando o regresso ao LPG. Até que resolvi que não podia esperar mais. Já tinha ouvido falar na Clínica Médico-Estética Avançada (MEA) mas ainda não conhecia. Quando soube que tinha tratamentos de LPG Médico de última geração não hesitei e decidi marcar uma consulta de avaliação que, por sinal, é gratuita. 

 

Pensava eu que iria chegar a uma consulta de avaliação onde apenas me iriam colocar umas questões e depois avançaria para o LPG, mas nada disso. A avaliação tem um elevado grau de detalhe e, em função do resultado e análise, é nos indicado qual o melhor tratamento.

 

(Aproveito para fazer um pequeno parênteses porque, de facto, esta questão é muito importante. Para mim, o que eu estou a fazer é cuidar da minha saúde. Não se trata de uma mera questão estética. E a vantagem de ir a uma clínica como a MEA é ter-se uma visão global da nossa saúde e bem-estar. E já vão perceber o que quero dizer com isto).

 

Depois de responder ao questionário mudámos de sala. Na nova sala, além de ser convidada a olhar-me ao espelho de alto a baixo para eu própria fazer uma avaliação do meu corpo, tiraram-me as medidas de todas as partes do corpo. Depois fui-me pesar e medir a altura.

IMG_0622.JPG

Quando eu achava que já estava tudo eis que me pedem para colocar os pés à volta daquela placa azul. Primeiro colocar os pés à volta do número um, depois do número dois e ir rodando sucessivamente. Isto, enquanto me tiravam fotos nas várias posições.

IMG_0621.JPG

Achei super interessante e, de facto, depois de ver as fotos percebi o efeito de 360º que se cria e será interessante comparar com o resultados daqui a uns tempos. Além da gordura, a flacidez é agora também uma realidade. Claro que tenho de reforçar os treinos musculares mas há aqui partes que é preciso uma ajuda, mais até para desfazer os tais nódulos de gordura e as fibroses que protegem a gordura e que não permitem que esta seja "queimada". E é por isso que parece que por mais exercício que faça há ali umas zonas em que a gordura está teimosa.

 

Estava já quase pronta para me voltar a vestir quando a coordenadora da Clínica, Marta Palmela, reparou nos derrames e varizes que tenho nas pernas. Perguntou-me se alguma vez tinha tratado, uma vez que as das perna direita estavam um bocadinho feias. Confesso que só quando rodei a perna em direção para o espelho e com aquela luz toda é que percebi que, de facto, estão um bocadinho piores do que pensava. Durante muito tempo achei que a justificaçao eram as boladas do hóquei em partins, até que me perguntou se alguém na família tinha porque poderiam ser herediárias. E eis que se fez luz. Além de ter pessoas na família com varizes, há ainda o factor gravidez, pílula e ficar muito tempo sentada ou de pé. Todos fatores que podem desencadear varizes. Explicou-me que esta reação poderá também ser uma explicação para o facto de a gordura ser tão resistente nalgumas zonas das pernas.

 

Antes que eu pudesse sequer pestanejar perguntou-me se eu queria marcar consulta para o médico especialista para me fazer a avaliação. É que nem hesitei. Portanto, achava eu que ia simplesmente fazer LPG e saí com um diagnóstico super completo e com uma consulta médica. Esta é a tal visão holística e completa que se tem do paciente. Não é só chegar, fazer tratamento e despachar. Há, de facto, uma preocupação e cuidado com a saúde. É por isso que recomendo sempre que se seja acompanhado em locais credenciados e com bons profissionais. Às vezes o barato sai caro e com a saúde eu não gosto de brincar. Posto isto, não é de estranhar que o diagnóstico, em versão desenho, tenha sido este:

FullSizeRender-5.jpg

Depois desta avaliação super completa lá segui eu para o meu tratamento de LPG com a simpática e profissional Catarina. E passados 10 anos só vos digo: M-A-R-A-V-I-O-L-H-O-S-O! Eu por mim fazia LPG para o resto da vida. O tratamento é super completo e sinto logo diferenças. Agora é esperar pelas próximas sessões para ver resultados ainda melhores.

IMG_0639.JPG

Aproveitem e marquem uma avaliação na Clínica MEA (707 25 25 25). Têm a vantagem de ser gratuita e, pelo menos, ficam logo com uma ideia do que têm de tratar. Além disso, aproveitam e conhecem a clínica que é fantástica.

 

Fica a dica!

Retirar o melhor de nós

Ba 03.07.17

FullSizeRender 30.jpg

Há pessoas que têm uma capacidade de nos fazer bem. Há pessoas que são minuciosas e atentas a todos os detalhes. Há pessoas que são profissionais mas sem deixar o coração de parte. Há pessoas que nos conseguem trazer a nossa luz interior para fora. Há pessoas que conseguem retirar o melhor de nós. Uma dessas pessoas é a Marisa Oliveira. Conheço-a há muitos anos e depois várias mudanças na sua vida, a Marisa descobriu o mundo da maquilhagem. Aliás, para mim foi a maquilhagem que a descobriu a ela.

 

A Marisa é uma artista de mão cheia. A Marisa tem um talento fantástico que sai em cada pincel, em cada cor. A Marisa faz de cada mulher uma tela. Sim, pode parecer um texto lamechas e meio piroso, mas a verdade é que a Marisa é uma maquilhadora e mulher fora de série e que merece que mais pessoas a conheçam. Quem não a conhece não sabe o que perde.

 

Tinha duas gravações para fazer e, nem de propósito, nesse dia dormi 3 horas. Estava com umas olheiras até ao chão. Em menos de nada passei de um ar cinzento e pálido para umas cores fantásticas e naturais. Quando os vídeos sairem vão perceber! :)

 

Não queria deixar de agradecer, uma vez mais, à Marisa por todo o seu profissionalismo e amizade. É uma sorte ter uma amiga que maquilha assim. E se quiserem experimentar estas mãos de fada basta irem à página do Facebook Marisa Oliveira Makeup e entrarem em contacto com ela. 

Fica a dica!

IMG_0606.JPG