Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Dieta Lev - Missão ficar em forma #9

Ba 11.09.13

Parecia que me tinha esquecido da dita "missão: ficar em forma", mas nada disso. A verdade é que resolvi "suspender" a minha dieta no mês de Agosto. Verão, muitos jantares e convívios, além disso estava um pouco farta de comer cozidos e grelhados a toda a hora. Cheguei aquele momento em que a comida já me sabia toda igual e o corpo não estava a responder.


Com o tempo ocupado pelos miúdos, e mais as tarefas domésticas, comecei a sentir-me desmotivada. A verdade é que consegui não engordar mas também não estava a emagrecer. Já me tinham dito que depois da segunda gravidez custa mais perder o peso que se ganhou. Não sinto que esteja a demorar mais, eu é que engordei muito e já tinha uns extras.


Quem me conhece sabe que não sou apologista de experimentar dietas a torto e a direito (talvez por isso tenha ganho tanto peso) mas já tinha ouvido falar muito bem da Dieta LEV e com bons resultados.


Não fosse eu jornalista, e comecei a "investigar". Ou seja, sondar amigos e amigos que amigos que tinham feito, ler informação e, à partida parece mesmo que resulta.


Como as consultas são gratuitas decidi ir a uma. Pois fizeram-me o diagnóstico de quantidade de massa gorda, magra, além do peso, água, etc etc. Pois bem, o veredicto não foi o mais amigo. Qualquer coisa como uns 20 quilinhos para perder e voltar ao peso praí da faculdade (saudável).


A nutricionista explicou-me todo o funcionamento do processo e as refeições que teria de comer, quanto tempo duraria cada fase, etc. Não comecei logo. Como no dia 7 de Setembro tinha o meu aniversário de casamento, optei por esperar por dia 9 de Setembro para fazer uma reavaliação e então começar.


No dia 9 de Setembro lá fui fazer avaliação. Até tinha perdido 1,5 kg mais tinha sido água e musculo (e não massa gorda, como se pretende). Escolhi as refeições - sim, porque na primeira fase só se podem comer refeições LEV e alguns legumes que são permitidos - e lá vim para casa.


Ontem, dia 10 de Setembro comecei e, desde então tenho-me sentido bem. Tenho de comer entre 5 a 7 refeições por dia, e posso dizer que, do pouco que experimentei, as omoletes, bolachas de manteiga e mousse de chocolate são muito bons. Os snacks de queijo e fiambre também, mas têm um problema (para mim) sabem muito a queijo, coisa que não gosto.


A dieta é completada com vitaminas, magnésio, omega 3 e omega 3, uma vez que com a restrição calórica convém garantir que perdemos massa gorda e não musculo ou água (como me aconteceu na última semana).


As consultas são de 10 em 10 dias, sempre gratuitas. Não vejo a hora de ir à consulta e conhecer os primeiros resultados. Irei relatar aqui a experiência. Se houver por aí alguém que esteja a fazer esta dieta, ou tenha feito, partilhe a sua experiência e, dê algumas dicas das refeições que mais gostou.

8 comentários

Comentar post