Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Atenção! Podem estar a usar o seu NIB para pagar contas

Ba 25.03.15

multibanco.jpeg

Atenção! O NIB da sua conta pode estar a ser usado por outra pessoa para pagar contas.

 

Houve uma mudança de regras a nível europeu, a propósito da harmonização vanária da União Europeia. Basicamente, essa alteração, que pretende simplificar o proceso de autorização do débito direto, poderá ser agora uma forma mais fácil de se cometerem erros, ou mesmo fraude.

 

A razão para isso acontecer é simples. Atualmente, a autorização do débito direto apenas envolve o devedor e a entidade credora. O banco saiu desta equação. Assim, por exemplo, se um determinado serviço, imaginemos um ginásio, pretender que faça o pagamento por débito direto apenas terá de dar o NIB ao ginásio. Já não há intervenção por parte do banco. O que acontece é que isso pode levar a que uma pessoa utilize o NIB de outra (caso o saiba) para pagar as suas contas. A notícia é avançada pela minha querida colega Lucília Tiago, do Dinheiro Vivo. É por essa razão que é muito importante estarmos atentos aos movimentos da nossa conta.

 

Ainda recentemente aconteceu um engano comigo. Reparei que tinha caiu uma prestação de um seguro de vida. O meu seguro já tinha sido pago há uns meses, e estranhei. Pois bem, tive de entrar em contacto com o banco e percebi que tinha havido um engano. Por acaso era com o meu Pai, que tem conta no mesmo banco (mas continuo sem perceber como foi parar na minha conta). Como faço o meu orçamento e aponto as despesas diariamente foi fácil detetar e, no dia seguinte, a situação estava resolvida. 

 

Mas há casos de outras pessoas que detetaram que estavam a ser debitados valores nas suas contas que não tinham autorizados e porquê? Porque alguém indicou o NIB dessa pessoa.

 

Caso aconteça isso com a vossa conta podem pedir o reembolso. A devolução é feita até 8 semanas após o pagamento ter sido feito. No entanto, para isso acontecer é necessário que não renuncie o reembolso. A minuta para autorização do débito SEPA (Sistema de Pagamentos Único Europeu, na sigla inglesa) refere os direitos de exigir o reembolso debitado, nos termos acordados com o banco. Por isso, quando vos pedirem para assinar, tenham muita atenção. Muitas vezes, os clientes aceitam várias movimentações das contas sem lerem os contratos.

 

O importante, assim que detetem uma situação semelhante, é contactarem logo a instituição financeira e cancelarem o débito direto, que pode ser feito através do Multibanco.

 

Estejam atentos e partilhem a informação.

 

Fica a dica!

3 comentários

Comentar post