Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Beatriz Rubio: "Tudo o que se faz com paixão produz resultados"

Ba 21.07.15

Beatriz Rubio.jpg

 

Nasceu em Saragoza, em Espanha, e está em Portugal há 20 anos. Beatriz Rubio é licenciada em Economia e Gestão de Empresas e lidera os destinos da Remax Portugal juntamente com o marido, Manuel Alvarez.

 

Dona de um entusiasmo contagiante, Beatriz Rubio é o motor motivacional dos seus trabalhadores e também em outras organizações onde dá palestras. Foi distinguida como Mulher de Negócios em 2014, e recentemente, revelou ao Dinheiro Vivo qual o grande objetivo para este ano: contratar mais de 500 pessoas.

 

Em entrevista ao Blog "As Dicas da Bá", Beatriz Rubio explicou como se relaciona com as suas finanças pessoais. Leia a entrevista:

 

O que costuma trazer sempre na carteira?

A nível das finanças eu sou uma pessoa disciplinada e cautelosa. Na verdade, sempre gostei de poupar para ter algum dinheiro de lado num momento mais difícil. Como tal, o meu lema é viver bem mas sempre no fim do mês com alguma pequena poupança que ao longo dos anos se torna num bom mealheiro.

 

Quem é mais gastador: mulheres ou homens?

Tradicionalmente, as mulheres compram muito mais por impulso do que os homens, que compram de forma mais racional, mas terminam por comprar mais caro, pois é para toda a vida. Uma mulher jovem, devido à oferta existente neste momento não compra para toda a vida, compra algo que lhe fique bem, ou até pode ser espetacular mas depois de algum tempo substitui por algo novo.

 

Lembra-se o que comprou com o seu primeiro ordenado?

Com o meu primeiro ordenado ofereci a mim mesma um prémio! Fui a Londres com o meu namorado, o meu atual marido, e isto porque eu adoro viajar!!!! Desde sempre que poupo dinheiro para aplicar em viagens.

 

O melhor investimento que fez?

Vir a Portugal e ficar, pois deu me a possibilidade de comprar Remax, em Espanha já estava comprado.

 

Qual o montante que o faria deixar de trabalhar?

Neste momento eu trabalho por paixão, gosto mesmo do que faço e gosto de trabalhar, por isso não existe montante nenhuma que me fizesse deixar de trabalhar. O dia em que eu deixar de trabalhar será por ter uma paixão maior por algo.

 

Qual foi a casa mais cara que alguma vez vendeu?

A casa mais cara vendida na Remax foi por 8 milhões de euros.

 

Como é a sua casa ideal?

A minha casa ideal é uma casa funcional onde possamos estar a gosto em família, cada um com o seu espaço, mas ao mesmo tempo todos juntos e que a convivência seja muito boa. Seja uma moradia ou um apartamento, é importante ter um pequeno espaço exterior, de forma a poder realizar churrascos com amigos e ter uma pequena horta.

 

Uma espanhola que se apaixonou por Portugal possivelmente terá um coração Ibérico. Mas nas finanças, quem gere melhor o dinheiro: portugueses ou espanhóis?

Acho que os espanhóis são muito mais gastadores, só o hábito da cervejinha e umas tapas no fim do dia faz com que ao fim do mês se gaste muito dinheiro. Porém aumenta muito o convívio e as relações interpessoais.

 

Já recebeu vários prémios que a distinguiram como empresária. Conseguiu pôr a crescer uma empresa, durante a crise, que se insere num dos sectores mais afetados. Qual o segredo, e as dicas, para o sucesso?

O segredo de pôr uma empresa a faturar em tempos de crise passou por conseguir que as pessoas interiorizassem o seu principal valor, a força de vencer que está dentro delas e conseguir isso, através do foco no seu interior e relegando para segundo plano o que acontece no exterior. Foi fundamental também criar uma cultura muito nossa, na qual a Remax e todos e cada um de nós que trabalhamos por esta marca se revissem. E, por último, tudo o que se faz com paixão produz resultados.

 

Qual o objecto que não venderia por dinheiro nenhum?

Deixei para o fim aquilo que é mais difícil, o que nunca venderia por dinheiro....Talvez uma casa que tenho no Ribatejo e que eu considero como o meu lugar de repouso... E nunca venderia o meu coração por dinheiro. Sou uma mulher capaz de gerar dinheiro nas minhas empresas e por isso o meu coração é dado ao Amor e não ao dinheiro.

 

Leia também outras entrevistas aqui