Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Ferramenta para ajudar a gerir o orçamento familiar

Ba 30.10.14

Screenshot 2014-10-30 21.33.19.png

 

Uma das primeiras etapas no equilíbrio das finanças pessoais é fazer um orçamento. Só sabendo onde e como gastamos o nosso dinheiro será possível identificar gastos que podem ser reduzidos ou eliminados. E acreditem que mesmo quando pensamos que já não há mais nada para reduzir, é possível descobrir despesas que nem nos damos conta e que poderíamos canalizar para a poupança.

 

Nos meus workshops um dos exemplos que dou é o de pouparmos 1 euro por dia. Se o conseguimos fazer, ao final do ano significam 365 euros. Pode parecer pouco mas, na realidade, é o suficiente para pagar dois seguros automóveis contra terceiros. E digam lá se o seguro automóvel não chega sempre naquele mês que não dá jeito nenhum? Naquele mês em que a máquina de lavar avariou, já tivemos de ir ao médico e o carro teve de ir arranjar.

 

Este é apenas um exemplo de como uma pequena poupança pode ajudar a pagar algumas despesas. Agora imaginem se descobrirmos algumas despesas que, na realidade, não nos fazem tanta falta. 100 euros por mês (e que se calhar muitas pessoas já tiveram de corte nos últimos anos) ao final de um ano são 1200 euros. Se pensarmos em termos anuais por vezes temos uma grandeza diferente das despesas.

 

Ora bem, sem querer alongar-me mais, uma das formas que podemos fazer esse controlo é através de um caderno, folha de excel ou um programa próprio. Eu utilizou a última opção.

 

Cá em casa já utilizamos aplicações para gestão de orçamento familiar há muito tempo. Durante vários anos utilizámos o You Need a Budget (YNAB) - que não é gratuito e custa atualmente 60 dólares (qualquer coisa como 46 euros) - mas desde que conheci o Boonzi fiquei fã.

 

Uma das características do Boonzi é o facto de permitir, de forma simples e totalmente segura, importar os extractos bancários de vários bancos nacionais. Ou seja, se tiver conta em mais que um banco consegue gerir tudo no programa.

 

Ao fazer a importação, o Boonzi classifica automaticamente as despesas e receitas. No entanto, o utilizador pode sempre fazer uma gestão mais personalizada. 

 

Ao categorizar as despesas e receitas, o programa vai gerar relatórios e gráficos detalhados e intuitivos. A análise a esses relatórios permitem saber com exactidão quanto gasta em combustível, juros de crédito, electricidade, entre outras categorias, e assim criar objectivos mensais de poupança.

 

A propósito do Dia Mundial da Poupança, o Boonzi associou-se ao blog As Dicas da Bá e está a oferecer um desconto. Habitualmente este produto tem um custo de 39,90 euros. No entanto, o Blog As Dicas da Bá oferece um desconto de 12 euros. Para aceder directamente ao desconto pode clicar aqui.

 

Acredito que, com este programa, facilmente descubram como poupar 1 euro por dia, ou seja, 30 euros por mês. Isto significa que, em menos de um mês, o investimento já estaria rentabilizado.

 

Fica a dica para os interessados!

4 comentários

Comentar post