Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Santander compra Popular. O que acontece ao meu dinheiro e crédito?

Ba 07.06.17

Popular.jpeg

Foto: Reuters

O Santander comprou o Banco Popular por um euro, numa medida de resolução anunciada pelo Banco Central Europeu (BCE). São muitos os clientes que têm levantado dúvidas sobre as suas poupanças e empréstimos. O Banco de Portugal garante que nada muda, assim como Ana Botín, presidente do grupo Santander que passou a integrar o Banco Popular. Mas para que fique tudo esclarecido vejam aqui as respostas:

 

1) O dinheiro que tenho depositado no Banco Popular está seguro?

Sim, todos os depósitos estão garantidos, independentemente do valor que tinha depositado. O Banco de Portugal já veio esclarecer, em comunicado, que  "a filial portuguesa do Banco Popular Español – o Banco Popular Portugal, S.A. – não foi objeto de qualquer medida de resolução e está incluída no perímetro de venda, pelo que passa a integrar o grupo do Banco Santander. Para o Banco Popular Portugal, esta medida não implica qualquer alteração na atividade do banco português, que continua a operar com total normalidade, agora integrado num novo grupo bancário". Além disso, todos os depósitos também estariam sempre garantidos até 100 mil euros por depósito e por depositante, segundo o Fundo de Garantia de Depósitos.

 

2) Há alteração na remuneração das aplicações que tinha no Banco Popular?

As remunerações das aplicações serão mantidas segundo o que estava acordado com o Banco Popular. Agora apenas passam a estar debaixo da esfera do Banco Santander. Não há qualquer alteração.

 

3) O que acontece ao meu crédito?

Não muda nada para os clientes com empréstimos antigos do Banco Popular. As condições acordadas irão continuar a ser as mesmas e serão agora asseguradas pelo Santander. Já para quem pretenda vir a fazer um novo crédito, aí as condições já serão as apresentadas pelo Santander Totta, que é o banco em Portugal que passará a ficar responsável pela operação.

 

4) Os balcões vão mudar?

Não. Para já tudo se irá manter. Ainda não é conhecido o plano de alteração dos nomes das agências de Banco Popular para Banco Santander mas serão as mesmas pessoas a continuar a atendê-lo. Claro que nos processos de fusão entre bancos pode acontecer haver, mais tarde uma reorganização, mas nesta primeira fase tudo se mantém igual para os clientes do Popular.

 

5) Posso continuar a utilizar os mesmos cartões de débito e de crédito do Banco Popular?

Sim. Todos os clientes do Banco Popular podem continuar a utilizar normalmente os seus cartões e contas. Apenas quando o processo de integração do Popular no Santander estar totalmente concluído é que deverão ser emitidos novos cartões. Não há qualquer impacto em termos de pagamentos ou utilização de conta.

 

Partilhem!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

A economia trocada em miúdos

Ba 10.02.16

Screenshot 2015-10-27 10.31.16.png

 

Descodificar muita da linguagem técnica do jornalismo económico, trocando por miúdos assuntos que nos dizem muito mas que, por vezes, percebemos pouco. Foi assim que nasceu o conceito dos workshops "Economês-Português", na Palavras Ditas.

 

O workshop "Descodificar a economia no jornalismo" é já no próximo sábado, dia 13 de Fevereiro.

 

Os workshops têm a duração de 6 horas. Ocupam apenas um dia e posso dizer-vos que haverá umas surpresas, incluindo convidados.

 

Os que estiveram presentes no último, tal como prometido, no final podemos trocar algumas impressões e dúvidas sobre IRS.

 

Os interessados em participar apenas têm de ir ao site do Palavras Ditas e inscreverem-se.

 

Fica a dica!

Economia trocada em miúdos

Ba 29.10.15

Screenshot 2015-10-27 10.31.16.png

 

Recebi o convite da Palavras Ditas para desenvolver um workshop sobre economia e jornalismo, não necessariamente sobre jornalismo económico. É quase mais como perceber a economia no jornalismo, trocando por miúdos. Daí a inspiração "Economês-Português". 

 

Depois em conversa e troca de ideias com o Nuno Azinheira (isto quando se juntam duas cabeças criativas todo um mundo se abre) decidimos avançar não com um, mas com dois workshops.

 

O primeiro workshop - "Economês-Português: Descodificar a Economia no Jornalismo" - é mesmo como o nome indica conseguir começar a entrar neste mundo da economia. Perceber alguns conceitos básicos e ficar com umas noções de alguns dos tópicos mais relevantes em termos económico-financeiros. Sempre com uma linguagem simples, acessível e até divertida! Este realiza-se a 21 de Novembro.

 

Já o segundo workshop - “Economês-Português: a Economia nas redações” - é quase como um segundo nível, sobretudo para quem se interessa pela vertente económica no jornalismo. Será possível neste workshop perceber um pouco mais como funciona o jornalismo económico. Este workshop realiza-se a 28 de Novembro.

 

Os workshops têm a duração de 6 horas. Ocupam apenas um dia (10h-13h e das 14h30-17h30) e posso dizer-vos que haverá surpresas para quem participar. Quem me conhece já sabe que gosto sempre de acrescentar valor e proporcionar algumas surpresas.

 

Os interessados em participar apenas têm de ir ao site do Palavras Ditas e inscreverem-se. Há desconto para quem se inscrever nos dois.

 

Fica a dica!