Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Money Talks: vamos falar sobre finanças pessoais

Ba 08.06.17

MoneyTalks.jpg

Quem me acompanha sabe que estou ligada à área de educação financeira há vários anos. Além de ter lançado projetos de conteúdos destes temas em vários órgãos de comunicação social, sou a fundadora do projeto de literacia financeira MoneyLab, e dou formação, workshops e paletras como especialista em finanças pessoais e coach financeira. Desde o final do ano passado, até na sequência do lançamento da Agenda da Poupança 2017, e depois de vários pedidos, voltei a reforçar as horas de formação. 

 

Já há algum tempo que andava a planear um projeto que envolvesse também o blog... e aqui estou eu. Ainda não vos posso revelar tudo. No entanto, apenas vos deixo um desafio: quem está interessado em participar numa sessão de finanças pessoais? A única coisa que vos peço é que preencham os formulário com os dados pedidos. Depois irão receber informação sobre isto das "Money Talks".

 

Preencham os dados, partilhem a informação com os amigos e familiares. Vamos cuidar das nossas finanças pessoais!

Santander compra Popular. O que acontece ao meu dinheiro e crédito?

Ba 07.06.17

Popular.jpeg

Foto: Reuters

O Santander comprou o Banco Popular por um euro, numa medida de resolução anunciada pelo Banco Central Europeu (BCE). São muitos os clientes que têm levantado dúvidas sobre as suas poupanças e empréstimos. O Banco de Portugal garante que nada muda, assim como Ana Botín, presidente do grupo Santander que passou a integrar o Banco Popular. Mas para que fique tudo esclarecido vejam aqui as respostas:

 

1) O dinheiro que tenho depositado no Banco Popular está seguro?

Sim, todos os depósitos estão garantidos, independentemente do valor que tinha depositado. O Banco de Portugal já veio esclarecer, em comunicado, que  "a filial portuguesa do Banco Popular Español – o Banco Popular Portugal, S.A. – não foi objeto de qualquer medida de resolução e está incluída no perímetro de venda, pelo que passa a integrar o grupo do Banco Santander. Para o Banco Popular Portugal, esta medida não implica qualquer alteração na atividade do banco português, que continua a operar com total normalidade, agora integrado num novo grupo bancário". Além disso, todos os depósitos também estariam sempre garantidos até 100 mil euros por depósito e por depositante, segundo o Fundo de Garantia de Depósitos.

 

2) Há alteração na remuneração das aplicações que tinha no Banco Popular?

As remunerações das aplicações serão mantidas segundo o que estava acordado com o Banco Popular. Agora apenas passam a estar debaixo da esfera do Banco Santander. Não há qualquer alteração.

 

3) O que acontece ao meu crédito?

Não muda nada para os clientes com empréstimos antigos do Banco Popular. As condições acordadas irão continuar a ser as mesmas e serão agora asseguradas pelo Santander. Já para quem pretenda vir a fazer um novo crédito, aí as condições já serão as apresentadas pelo Santander Totta, que é o banco em Portugal que passará a ficar responsável pela operação.

 

4) Os balcões vão mudar?

Não. Para já tudo se irá manter. Ainda não é conhecido o plano de alteração dos nomes das agências de Banco Popular para Banco Santander mas serão as mesmas pessoas a continuar a atendê-lo. Claro que nos processos de fusão entre bancos pode acontecer haver, mais tarde uma reorganização, mas nesta primeira fase tudo se mantém igual para os clientes do Popular.

 

5) Posso continuar a utilizar os mesmos cartões de débito e de crédito do Banco Popular?

Sim. Todos os clientes do Banco Popular podem continuar a utilizar normalmente os seus cartões e contas. Apenas quando o processo de integração do Popular no Santander estar totalmente concluído é que deverão ser emitidos novos cartões. Não há qualquer impacto em termos de pagamentos ou utilização de conta.

 

Partilhem!

 

Acompanhem também a página do FacebookInstagram e Canal.

Mala Birkin da Hermès é melhor investimento do que ações e ouro

Ba 18.01.16

Birkin_Hermes.jpg

A Birkin, da Hermès, é conhecida por ser uma das malas mais exclusivas do mundo. E um novo estudo veio demonstrar que, em termos de investimento, optar por comprar a mala da conhecida casa francesa Hermès é melhor do que investir em ações e até em ouro.

 

O estudo, feito pelo site Bag Hunter, analisou a evolução, nos últimos 35 anos (entre 1980 e 2015), do índice norte-americano S&P 500 (índice que agrega as 500 maiores empresas cotadas dos EUA), do ouro e a Birkin. Os números mostram que a mala da Hermès apresenta um melhor retorno em relação ao outros dois ativos.

Birkin_S&P500_Gold.jpg

Em 35 anos, o retorno do S&P500 foi de 11,66%, a valorização do ouro foi de 1,9%, enquanto a Birkin bateu ambos, com um retorno de 14,2%. Estes números assumem que a aplicação feita pelos investidores não foi alterada durante este período.

hermes_values_rising.jpg

A Birkin, que deve o seu nome à actriz Jane Birkin, é uma das malas mais desejadas e tem uma extensa lista de espera para compra, que chega a atingir os 6 anos.

 

Esta mala da Hermès é totalmente feita à mão, demorando, no mínimo, 20 horas a ser feita. O valor de uma Birkin nova ronda os 60 mil dólares, ou seja, quase 55 mil euros.

 

O resultado do estudo pode surpreender algumas pessoas, mas para Evelyn Fox, fundadora do Bag Hunter, o resultado “reflete a estabilidade do mercado de ultra-luxo”, adiantou ao Luxury Daily.

 

Fica a dica!

 

Acompanhem também a página do Facebook e o Instagram.

 

Para receberem mais dicas podem subscrever a newsletter ao clicar aqui.

 

Quase 200 imóveis vão a leilão com valores 30% abaixo do mercado

Ba 10.10.15

leilao.jpg

Está a decorrer, até dia 11 de Outubro, o Salão Imobilário de Portugal (SIL), no Parques das Nações, em Lisboa. Nos 250 expositores é possível encontrar imóveis habitacionais, comerciais, terrenos, quer para compra quer para arrendamento.

 

Um dos interesses do fim de semana - de 10 e 11 Outubro - são o três leilões: dois de imóveis da Caixa Geral de Depósitos e um Direção Geral do Tesouro e Finanças.

 

Para quem tiver interesse, poderá ser uma oportunidade de investimento já que a base de licitação destes imóveis situa-se, em média, cerca de 30% abaixo do valor de mercado e são oferecidas condições de financiamento mais vantajosas (nomeadamente ao nível do 'spread', ou seja, a taxa que acresce ao juro de mercado e que, na prática, representa a margem de lucro do banco).

 

A Eurostates é a leiloeira responsável por levar a leilão os imóveis da Caixa Geral de Depósitos. São quase 200 imóveis que vão se licitados no fim de semana.

 

O primeiro leilão dos imóveis da Caixa acontece a 10 de Outubro (Sábado), entre as 15h e as 18h no Auditório Multiusos. O outro leilão está marcado para 11 de Outubro (Domingo), entre as 15h e as 17h30. Já o leilão da Direção Geral do Tesouro e Finanças acontece no mesmo dia (Domingo) entre as 17h30 e as 19h.

 

Quem quiser saber mais informações sobre o programa do SIL pode consultar o site.

 

Fica a dica!

Última oportunidade para investir em certificados de aforro acima de 3%

Ba 29.01.15

certificadoAforro.jpg

Esta é uma notícia importante para aquelas pessoas que estão sempre à procura das melhores taxas para investir as poupanças. O Estado vai alterar as taxas de juro dos certificados de aforro a partir de Fevereiro. Por isso, para quem queira aproveitar uma taxa superior a 3% esta semana é a última oportunidade que o tem para fazer.

 

Em janeiro, a taxa bruta para as novas subscrições do certificados da Série C - a única que pode ser atualmente subscrita - fixou-se em 3,069%. A partir de Fevereiro esta taxa vai descer bastante, pelo menos a avaliar pelas declarações da presidente do IGCP (instituto que gere a dívida pública portuguesa).

 

A nova taxa deverá aproximar-se das taxas médias praticadas nos depósitos a prazo. Ora bem, olhando para os dados do Banco de Portugal, que mostram que a taxa média dos depósitos até um ano se situava em 1,34%, dá para antecipar que o corte será considerável.

 

Por isso, para quem queira aproveitar o melhor mesmo é despachar-se.

 

Fica a dica

Banco Best lança Guru para os investimentos

Ba 05.03.13

O Banco Best lançou uma nova ferramenta: o "Best Guru". Trata-se de um motor de busca que pretende ajudar os investidores a encontrar a solução mais adequada no momento de investir.

A nova aplicação, que é gratuita e está disponível para clientes e não clientes, permite pesquisar o portefólio em gestão de activos e trading do Banco Best, onde se incluem mais de 2 mil fundos de investimento de quarenta sociedades gestoras, cerca de 1800 certificados, acções dos principais mercados internacionais e obrigações e ETF de todo o mundo.

O resultado da pesquisa é segmentado por produto, permitindo uma visualização rápida dos indicadores mais relevantes: activo financeiro, cotação, risco, consulta de detalhe e opção de compra, facilitando a escolha de produtos conforme os objectivos de investimento.

Fica a dica para os interessados no mundo dos investimentos. Para saber mais informações pode aceder ao site do Banco Best (aqui).

Acompanhe "As Dicas da Bá" também no Facebook (Aqui).



Nota:
Os produtos e serviços de terceiras entidades recomendados ou referidos pelo blog "As Dicas da Bá" são da responsabilidade das mesmas, não tendo "As Dicas da Bá" qualquer responsabilidade na prestação/entrega dos serviços/produtos. Além disso, a decisão de investimento é da responsabilidade de cada um e deve ser feita de forma ponderada e com pleno conhecimento dos riscos envolvidos, devendo consultar directamente a instituição financeira.