Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As dicas da Ba

Um blog 360º com dicas e sugestões para as diferentes áreas da vida.

Trabalhadores independentes só conseguem fazer simulação em Maio

Ba 05.04.16

Screenshot 2016-03-28 23.34.31.png

 

Tal como já vos tinha referido aqui, este ano, pela primeira vez, os casados têm a possibilidade de optar pela entrega da declaração em separado. Aliás, a partir de agora o Fisco passa a considerar, para todos os casais (quer casados, quer unidos de facto), que a tributação é feita em separado. Para se fazer a entrega em conjunto deverá ser assinalado logo quando entra no programa, assim como no quadro 5 da folha de rosto.

 

Leia ainda: "Despesas gerais não aparecem no IRS" e "5 Cuidados a ter antes de entregar a declaração de IRS"

 

Para saber se compensa a entrega em conjunto ou separada o melhor mesmo é fazer a simulação. No entanto, no caso dos casais em que um dos elementos tem trabalho dependente e outro independente, atualmente (espero que ainda mude), ainda não é possível fazer a simulação porque o anexo B (referente aos rendimentos de trabalho independente) não está disponível.

 

Foi por isso que questionei o Ministério das Finanças, que tem a tutela do Fisco. Coloquei a seguinte questão: "Imaginando um casal em que um trabalhador é dependente e outro independente, como podem fazer para simular o que compensa? É que, atualmente, o Anexo B não está disponível. E imaginando que aguardam por Maio e depois verificam que compensa em separado o trabalhador dependente já tem de entregar fora do prazo".

 

A resposta das Finanças foi esta: "Tal como nos anos anteriores o simulador da Autoridade Tributária é disponibilizado na aplicação de entrega das declarações, pelo que durante o mês de abril a simulação abrange os rendimentos do trabalho dependente e pensões e em maio contemplará outros rendimentos para além destes".

 

Ou seja, os casais nesta situação não têm possibilidade de fazer a simulação pelo portal das Finanças. Por isso, aconselho que utilizem o simulador que já vos tinha falado. Já dá para ter uma ideia se vai pagar ou receber, e o que compensa. Aproveitem e vejam o vídeo que explica como utilizador o simulador.

 

Fica a dica. Partilhem!

 

Acompanhe também a página do Facebook e o Instagram.

 

Para receberem todas as novidades em primeira mão podem subscrever por e-mail o blog.

5 comentários

Comentar post